• ATUAÇÃO ESTRATÉGICA EMPRESARIAL

    • Identificação de projetos, produtos e serviços que estejam passíveis de edição de normas e leis na Administração Pública Direta e Indireta fim de antecipar possíveis contingências para as empresas
    • Criação de massa de manobra via soft power e atuação positiva com os stakeholders
    • Conquista de aliados, criação de coalizões e elaboração de agendas positivas junto à Administração Pública Direta e Indireta e formadores de opinião
    • Outsourcing institucional via criação de mecanismos e plataformas de relacionamento a fim de resguardar a imagem da empresa
  • ATUAÇÃO PARTICIPATIVA, PREVENTIVA E REATIVA

    • Atuação participativa e preventiva nos órgãos do Executivo Federal, Estadual e Municipal e nas Casas Legislativas Federal, Estadual e Municipal a fim de resguardar os interesses via edição de normativas, instruções, regulamentações, regulações, projetos de lei e leis
    • Mapeamento das pautas do legislativo e executivo no Brasil que possam influenciar os negócios das empresas
    • Atuação reativa e contenciosa administrativa e judicial nos processos executivos e legislativos a fim de resguardar os direitos das empresas, dos regimentos internos públicos e das leis em geral
    • Utilização do jurídico interno como ponto de relações governamentais nas empresas cujas pautas sejam sensíveis

EQUIPE