NEWS

Holding Familiar: Planejamento patrimonial e sucessório.

Compartilhe esse conteúdo

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Holding familiar é uma empresa criada para controlar e administrar o patrimônio das pessoas que pertencem a uma determinada família, onde qualquer bem pode compor a Holding Patrimonial, seja ele um imóvel, empresas, veículos, investimentos, joias, obras de arte, ativos digitais,  etc…

O planejamento patrimonial e sucessório por meio da Holding Familiar é visto como um instrumento jurídico capaz de deter e gerenciar ativos de uma pessoa durante a sua vida perfazendo a transferência eficaz desses ativos para os seus herdeiros após a sua morte.

Por a holding familiar ser basicamente uma sociedade que tem como objeto social a participação em outras empresas/sociedades, a previsão de sociedades com esse objetivo social na legislação brasileira se dá apenas na Lei das Sociedades Anônimas (Lei nº 6.404/76), que menciona ser possível constituir uma companhia que participe de outras empresas.

A criação dessa estrutura oferece uma série de vantagens no contexto do planejamento patrimonial e sucessório, sendo possível a concentração de todo o patrimônio em uma única entidade com uma gestão profissional, onde os membros da família podem manter o controle sobre a holding.

Uma das principais vantagens na criação de uma holding familiar é a facilitação do planejamento sucessório. A transferência de ativos para os herdeiros pode ser realizada de maneira organizada e eficaz por meio da transferência de ações da holding. Isso permite que os membros mais jovens da família participem da gestão dos ativos de forma gradual, evitando conflitos e garantindo a continuidade dos negócios e investimentos.

Existem considerações jurídicas e fiscais significativas a serem levadas em conta ao estabelecer uma holding familiar, devendo criar um plano de sucessão claro e bem elaborado para garantir uma transição suave dos ativos para a próxima geração, devendo ser cuidadosamente avaliada para otimizar a eficiência fiscal, onde a estrutura legal pode variar de acordo com a jurisdição e os objetivos da família.

LUCAS MARINHO – ADVOGADO SEGUROS

Küster Machado

Küster Machado Advogados
Küster Machado Advogados Com mais de 30 anos de atuação nacional, o Küster Machado Advogados oferece soluções jurídicas abrangentes nas esferas contenciosas e consultivas em mais de 20 áreas do Direito a nível nacional. Possui unidades nas cidades de Curitiba, Blumenau, Londrina, Florianópolis e São Paulo e desks na Suécia, China e Estados Unidos.

Últimos posts desse autor

Retrospectiva Trabalhista 2023

O ano de 2023 foi intenso em atualizações legislativas e jurisprudenciais na seara trabalhista, de modo que é extremamente importante estar por dentro da atual legislação, tanto para o advogado,

A locação de imóveis por Airbnb está proibida?

A Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu manter a decisão que proibiu uma proprietária de alugar seu imóvel por meio da plataforma Airbnb sem autorização expressa na

Caráter Dúplice da Ação Revisional

A Ação Revisional é uma modalidade de processo judicial no qual uma das partes busca a revisão de um contrato, que em sua grande maioria está relacionado a questões financeiras,