Informes

Tributário – Empresas devem informar o beneficiário final no CNPJ a Receita Federal

A Receita Federal emitiu a Instrução Normativa RFB 1.634/2016 que estabelece que as empresas com cadastro no CNPJ devem informar sobre o beneficiário final. Legalmente, o beneficiário final é a pessoa natural que, em último caso, diretamente ou indiretamente possui, controla ou influencia a empresa.

 

O objetivo da Normativa é informar à Receita Federal Brasileira sobre o caminho completo das empresas envolvidas naquele CNPJ. Com isso, a Receita espera identificar claramente que é o mais recente indivíduo da estrutura societária, seja no Brasil ou no estrangeiro, para perseguir o beneficiário final da sociedade.

 

Todas as empresas com registro de CNPJ que têm sócios ou acionistas, brasileiros ou estrangeiros, devem preencher a informação no sistema sobre os beneficiários finais da empresa até o dia 31 de Dezembro de 2018.

 

Alertamos também que as empresas que não cumprirem o registro de CNPJ no prazo legal terá em 1º de janeiro de 2019 a sua inscrição suspensa e será impedida de realizar transações por estabelecimentos bancários, de acordo com Instrução Normativa da Receita Federal do Brasil nº. 1634 (“IN 1634/2016″).

 

Para cumprir com a IN 1634/2016, nossas áreas de direito Societário e Tributário oferecem essa solução coletando as informações necessárias e atualizando as informações no sistema da Receita Federal com todas as obrigações legais.

 

Entre em contato e saiba como o Küster Machado pode te ajudar.

[dt_button link=”https://sitenovo.kustermachado.adv.br/contato/” target_blank=”false” button_alignment=”default” animation=”fadeIn” size=”medium” style=”default” bg_color_style=”custom” bg_color=”#333333″ bg_hover_color_style=”custom” bg_hover_color=”#444444″ text_color_style=”custom” text_color=”#ffffff” text_hover_color_style=”custom” text_hover_color=”#dddddd” icon=”fa fa-chevron-circle-right” icon_align=”left”]Fale conosco[/dt_button]

Últimos Artigos

Rol de procedimentos e eventos em saúde

A evolução da discussão sobre o rol de eventos e procedimentos da ANS no âmbito judiciário e legislativo e os impactos do atual entendimento consolidado pela Lei 14.454/22 Sabe-se que

Inteligência artificial na área da saúde

A ausência de regulamentação no uso da Inteligência Artificial. O setor da saúde tem investido muito em ferramentas de gestão que possam auxiliar nos atendimentos médicos. Conforme dados apontados pela

Programa Emprega + Mulheres

LEI Nº 14.457, DE 21 DE SETEMBRO DE 2022: PROGRAMA EMPREGA + MULHERES Em 22/09/2022 foi publicada a Lei 14.457/2022, que converteu em Lei a Medida Provisória nº 1.116, de 04/05/2022,